Contato:

+55 (31) 3342-3000 | 3223-2000

BH: +55 (31) 9.8705-9196

      

O que é Retrofit?

15

Maio 2020

Por:Ecogranito
Não categorizado

O retrofit nasceu na Europa e nos Estados Unidos como uma tendência na arquitetura e design, visando proporcionar a revitalização de edifícios, porém preservando os aspectos originais e adaptando o antigo a um novo modelo.

Ou seja, está baseado na atualização de novas tecnologias e novas formas de uso tornando espaços funcionais através da modernização estética e arquitetônica.  

Isso faz com que ocorra um aumento da vida útil do edifício usando tecnologias avançadas e materiais modernos, preservando o patrimônio histórico e arquitetônico.

Quando uma edificação chega ao fim de sua vida útil, geralmente os custos de manutenção são altíssimos por precisarem de mão de obra qualificada além de uma continuidade na manutenção. O retrofit vem para corrigir patologias possibilitando instalações elétricas, luminosas e hidráulicas novas e de acordo com as normas. 

É normal que o tempo reflita no estilo de vida da população de cada época e por isso há uma arquitetura característica para cada período. Com o passar dos anos, as antigas edificações perdem a sua funcionalidade e é necessário mudar para atender às exigências técnicas e às normalizações que também mudam com o tempo.

Ou seja, grandes áreas urbanas também podem passar por revitalizações e atualizações de construções através do retrofit. Estamos falando de soluções nas fachadas, instalações elétricas e hidráulicas, circulação, proteção contra incêndio e outros itens que caracterizam o uso do que existir de melhor qualidade no mercado.

Vantagens e desvantagens do retrofit 

A principal vantagem do retrofit é a flexibilidade e rapidez do projeto, isso faz com que o ambiente não fique inutilizado por muito tempo, principalmente em estabelecimentos como hospitais, bancos, hotéis e restaurantes que precisam do funcionamento contínuo para sua rentabilidade. 

O custo benefício também é muito vantajoso, além de favorecer a sustentabilidade, não há a troca de materiais e sim melhorias no que já existe. Um exemplo simples é a instalação de uma película de proteção solar em uma janela que aquece muito o ambiente, para reduzir o calor.

Ou quando você tem um elevador que funciona bem, porém é muito antigo, uma das opções é envelopar com materiais específicos que o tornarão mais moderno e sofisticado. 

É importante ter cuidado com o planejamento da obra, pois imprevistos podem surgir quando as construções são muito antigas, isso pode gerar altos custos inesperados. Alguns novos empreendimentos são feitos sem planejamento urbano e consequentemente isso interfere no desenvolvimento do dia a dia das pessoas que circulam naquela obra. 

Das edificações mais famosas, em Salvador o Hotel Fasano e o Fera Palace Hotel passaram pelo retrofit. Já em São Paulo, outro exemplo que passou pelo retrofit foi o atual Farol Santander, Edifício Martinelli, Edifício Galeria, entre outros. No Rio de Janeiro, o Estádio do Maracanã. 

Porém, não são apenas grandes ou importantes edifícios que necessitam de retrofit. Se você tem uma fazenda, por exemplo, e ela é tombada e não pode ser demolida para construir outra, e além disso todo sistema de iluminação e hidráulico estão dando problemas, logo ela é uma boa opção. E também serve para casas que possuem trincas nas paredes, esquadrias velhas, entre outros. 

Retrofit verde 

O retrofit verde tem o mesmo conceito, porém está mais focado em apresentar um desempenho compatível com padrões modernos de sustentabilidade.

Em sua maioria, ele vai trabalhar o paisagismo inserindo novas áreas vegetadas nos edifícios, porém, para aplicar essa técnica as exigências com irrigação da vegetação, impermeabilização das paredes e proteção do enraizamento necessitam de atenção.

Quando a estrutura é muito antiga a atenção é redobrada para que não haja infiltração e penetração das raízes. 

Além dos novos elementos estruturais, o retrofit verde previne uma série de intervenções para a economia de água, energia e o aproveitamento da luz solar. Confira o exemplo de algumas delas: 

  • Iluminação: é possível também substituir lâmpadas antigas por equipamentos mais modernos como lâmpadas LED ou sensores de presença. 
  • Hidráulico: investimento em equipamentos para redução do fluxo de água e reaproveitamento da água da chuva. O recolhimento da água das pias dos banheiros e cozinha também é uma solução sustentável, já que quando é levada para estação de tratamento e guardada em reservatórios, ela serve para uso em tubulações ou até mesmo em vasos sanitários. 
  • Clima: é necessário identificar as cargas térmicas de aquecimento do edifício ainda na fase de planejamento do projeto, para adaptar e renovar o sistema e resolver problemas de aquecimento do ambiente. 
  • Fachada: o uso de vidros espelhados mantém a temperatura nos dias mais quentes, e para isso é necessário a previsão dos mecanismos refrigerados e aplicação de sistemas de sombreamento controlados por computador. 

Para que essas alterações aconteçam de forma efetiva é necessário que haja uma elaboração do projeto executivo juntamente de uma assessoria jurídica preparada e atenta às limitações legais. As diretrizes mais importantes do retrofit estão nas Normas Brasileiras (NBR) da ABNT, em especial: 

NBR 15575/13 “estabelece os requisitos e critérios de desempenho aplicáveis às edificações habitacionais, como um todo integrado, bem como a serem avaliados de forma isolada para um ou mais sistemas específicos.”

NBR 16280/14 – “esta norma estabelece os requisitos para os sistemas de gestão de controle de processos, projetos, execução e segurança.”

Conclusão

Já são vários casos de sucesso que fomentam grandes investimentos no setor imobiliário e da construção civil, porém, há um longo e promissor caminho para o retrofit no Brasil, principalmente devido à escassez e alto custo dos terrenos nas cidades mais populosas.

É uma solução lógica que dá vida às grandes edificações já existentes e se planejado, projetado e executado de forma correta e criteriosa, é possível manter o edifício sempre atualizado, diminuindo os custos com manutenção e aumentando ainda mais as suas possibilidades de uso!

Gostou de saber mais sobre o retrofit?  Visite o nosso blog e fique por dentro de tudo que acontece no mundo da construção! 

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ligue Agora

+ 55 31 3342 3000 / +55 31 3223 2000

CLIQUE PARA MANDAR UMA MENSAGEM!

Quer saber mais?

Deixe seu contato que ligamos para você!
Ou se preferir, mande um email.

 

Av. Severino Ballesteros Rodrigues, 1589,
Ressaca, Contagem Minas Gerais – Brasil

+55 (31) 3342-3000 | 3223-2000

BH: +55 (31) 9.8705-9196

[email protected]