normas técnicas

Saiba o que mudou: 140 normas técnicas da construção civil alteradas em 2020

Todos os dias algo muda na construção civil, concorda? Afinal, é um segmento em constante evolução para atender as mudanças da sociedade. Para se ter uma ideia, apenas no primeiro semestre de 2020 (de janeiro a junho), 140 normas técnicas da construção civil foram alteradas.

Você está por dentro destas alterações? Pois saiba que as empresas e profissionais da área também são responsáveis pela evolução e precisam acompanhar este movimento. Sendo assim, fizemos um artigo especial com as principais mudanças para informar você. Confira!

Importância das normas técnicas da construção civil

As normas técnicas regulamentam diversos aspectos de atuação da construção civil. Por meio delas, é possível seguir um padrão para realização dos trabalhos e garantia de segurança para todos.

Atualmente, as normas referentes à construção civil estão divididas em dois âmbitos: normas regulamentadoras (NRs) e normas brasileiras (NBRs). As NRs estão diretamente ligadas ao Ministério do Trabalho, e referem-se à segurança e medicina.

Por outro lado, as NBRs (sobre as quais falaremos neste artigo) pertencem à Associação Brasileira de Normas Técnicas, mais conhecida como ABNT. Neste sentido, as normas técnicas da construção civil presentes no catálogo da ABNT visam orientar profissionais e empresas a respeito de:

Ou seja, simplesmente não é possível ficar sem informações acerca destas mudanças. Afinal, elas impactarão a rotina da sua empresa, de projetos, colaboradores e clientes. Leia o próximo tópico e saiba quais foram as alterações!

Principais normas técnicas da construção civil alteradas em 2020

A ABNT possui, aproximadamente, 2400 normas técnicas da construção civil. E, de junho a janeiro de 2020, foram 140 alterações por meio de recursos diversos. Neste período, 133 normas foram publicadas, enquanto sete foram canceladas. Sendo as principais:

  1. NBR 16337: Alterada em abril, por meio de consulta nacional, e diz respeito aos princípios e diretrizes de gerenciamento de riscos em projetos;
  2. NBR ISO 37122: Alterada em julho, por meio de consulta nacional, sendo referente aos indicadores para cidades inteligentes e comunidades sustentáveis;
  3. NBR 16747: Publicada e validada em maio, com conceitos, diretrizes, terminologias e procedimentos sobre inspeção predial;
  4. NBR 15877: Alterada em maio, por meio de consulta nacional, com determinações sobre resistência à tração em sistemas de pintura e outros revestimentos anticorrosivos;
  5. NBR 16868: Publicada em abril, por meio de consulta nacional, referente aos projetos, métodos, execução e controles de obras da alvenaria estrutural;
  6. NBR 14626 e NBR 14628: Publicadas em maio, referente ao uso de equipamento de proteção individual contra queda de altura;
  7. NBR 16834: Publicada em junho, com determinações da variação dimensional do concreto;
  8. NBR 16820: Alterada em maio, por meio de consulta nacional, sobre os sistemas de sinalização de emergência;
  9. Canceladas: NBR 10582 e NBR 10068 (sobre desenho técnico); NBR 14266 (sobre tubos de PVC); NBR 8581 e NBR 8648 (sobre barras e fios-máquina de aço); NBR 7198 (sobre instalações prediais de água quente); e NBR 7531 (sobre anel de borracha).

É importante destacar que as normas técnicas só podem ser acessadas por meio de cadastro e associação no Portal da ABNT ou por meio do Portal CBIC de Normas Técnicas da Indústria da Construção. A lista com as 140 normas técnicas da construção civil alteradas em 2020 podem ser acessadas por aqui.

Impacto das alterações para empresas e profissionais da construção civil

Primeiramente, vale lembrar que a ABNT é uma associação sem fins lucrativos. Por esse motivo, não é obrigatória a utilização de suas normas e critérios. Contudo, grande parte da legislação referente à construção civil está ancorada nos preceitos das normas técnicas definidas pela ABNT.

Além disso, a ABNT é responsável por emitir certificados para empresas que cumprem suas normas. Isso faz com que as organizações melhorem sua reputação e autoridade perante o mercado. Afinal, as normas técnicas da construção civil servem como garantia de segurança e qualidade.

Para as empresas e profissionais do segmento, as alterações servem como um norte na tomada de decisões. Pois, por meio das mudanças, as entidades mantêm-se atualizadas e em concordância com as demandas dos consumidores e da legislação.

Entre os benefícios das alterações, e constantes atualizações, estão:

E então, gostou de saber sobre as mudanças nas normas técnicas da construção civil? Comente com a Ecogranito.
Antes de sair da página, leia também o nosso artigo completo sobre tendências dos consumidores no pós pandemia clicando aqui!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.