Gestão de Obras

Gestão de Obras: O Que é e Benefícios

A construção civil é um dos setores produtivos mais importantes para o bom desempenho da economia brasileira. E, para que os empreendimentos sejam executados com eficiência, é necessário planejamento e organização dos processos operacionais, que se estabelecem em um procedimento conhecido como gestão de obras.

Para saber um pouco mais sobre o que é a gestão de obras, conceitos envolvidos e vantagens associadas, é só continuar a leitura!

O que é Gestão de Obras?

O gerenciamento de obras consiste em prever a administração do tempo, recursos e equipe, para que o cronograma das atividades seja respeitado.

Esse controle ajuda os engenheiros e/ou gestores de obra a terem uma leitura real dos processos de execução, o que possibilita a antecipação de possíveis imprevistos e permite uma tomada de decisão mais rápida e assertiva.  

Então isso quer dizer que a gestão de obras na construção civil está atrelada somente a organização dos recursos humanos e materiais? Felizmente ou não, não é tão simples assim!

O gestor de obras precisa estar atento, ao cumprimento de prazos, metas e orçamento previsto, mas também à qualidade das tarefas entregues, o grau de envolvimento das pessoas envolvidas, a comunicação interna do projeto, entre outros aspectos.

Por isso, a gestão de projetos vai muito além de requisitos técnicos e aplicação de metodologias prontas. Passa também pela gestão da qualidade e gestão de pessoas!

Vantagens da gestão de obras

Só pelo que apresentamos anteriormente, já é possível identificar uma série de vantagens da implementação de uma gestão de obras adequada.

Separamos as principais delas para você:

Menos prejuízos e auxílio de um cronograma

Um dos pontos que mais prejudicam o bom andamento de uma obra é a ausência de um planejamento estratégico e estruturado. A ausência desta ferramenta aumenta a chance de ocorrerem gastos excessivos e tarefas executadas fora do prazo e dos padrões de qualidade.

Pensando nisso, a gestão de projetos não abre mão de um cronograma eficiente que, se bem conectado com o dia a dia do canteiro, pode ser determinante para o sucesso do empreendimento.

Melhor visualização dos processos

Não precisamos nem dizer o quanto isso é importante para uma obra, certo? Saber os processos já finalizados, em andamento e a executar permite que, de fato, se tenha controle sobre a operação, aluguel de maquinário, contratação de equipe terceirizada, etc.

Maior produtividade e qualidade

Acompanhar de perto os processos e as atividades realizadas propicia maior conhecimento em relação ao grau de qualidade da obra entregue e do envolvimento do time. Isso tem impacto significativo na percepção de valor do cliente sobre o empreendimento e também na produtividade da equipe.

Pensando nisso, o gestor precisa estar atento aos materiais usados na obra, com o intuito de garantir o alto padrão exigido – e isso começa na etapa de planejamento da obra!

É também de grande importância ouvir e abrir espaço para o diálogo com quem trabalha no canteiro, tanto pela possibilidade de bons insights quanto pelo controle do processo em si! Assim, pode-se direcionar cada colaborador para seu maior rendimento e torná-los mais motivados e envolvidos!

O gerenciamento de projetos e obras é um mecanismo que potencializará o sucesso dos seus empreendimentos, pois é capaz de proporcionar o engajamento dos colaboradores em uma ação organizada e estruturada, que tem como finalidade principal o alcance da satisfação dos clientes.

Ainda tem dúvidas sobre como fazer a gestão de obras? Quer saber mais sobre o assunto? Deixe o seu comentário.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.