sindico-tudo-o-que-voce-precisa-saber-deve-saber-sobre-manutencao-predial

Síndico: Conheça As Principais Dicas De Manutenção Predial

O dia a dia de quem é síndico não é nada fácil. Pequenos problemas de seu cotidiano acabam ocupando grande parte do tempo e, com isso, fica difícil se organizar para pensar em ações preventivas, como é o caso da manutenção predial.

Entretanto, todo edifício necessita de um plano de manutenção preventiva para evitar possíveis danos e complicações que podem surgir com o passar do tempo, devido ao natural envelhecimento dos diversos itens que o compõem.

Confira, neste post, as principais dicas para planejar melhor a manutenção predial!

O que é manutenção predial?

Quando se fala em manutenção predial, é comum pensar em consertos pontuais como troca de lâmpadas, cuidado com jardins, entre outros.

Porém, o que se conhece como manutenção predial vai muito além dessa abordagem, a qual, apesar de ser importante para o dia a dia, limita-se a problemas corriqueiros e recorrentes.

A manutenção predial envolve aspectos mais estruturais, sendo voltada para a prática de cuidar de toda a infraestrutura de um edifício, envolvendo os sistemas elétricos, hidráulicos, de incêndio, de segurança, comunicação e climatização, entre outros.

Esse tipo de cuidado com as edificações parte do pressuposto de que todos os materiais que envolvem a construção tem vida útil limitada e, por isso, os desgastes precisam ser observados com muita atenção.

Um processo de manutenção adequado pode corrigir os erros estruturais identificados em um edifício, além de garantir sua conservação mesmo com o passar do tempo.

#1: Priorize os cuidados com infraestrutura

Muitas vezes as mudanças com caráter de decoração trazem maior brilho nos olhos, entretanto, a preocupação com a segurança de todos os moradores precisa ser prioridade!

Os cuidados com infraestrutura envolvem a manutenção da parte hidráulica, elétrica e estruturais de forma geral. Esse tipo de manutenção ajuda na segurança do edifício, além de contribuir e manter a sua valorização.

É também importante refletir: se você investe em reformas mais superficiais ou de acabamento e só depois descobre que é necessário fazer mudanças mais voltadas para a estrutura interna do edifício, provavelmente você terá desperdiçado tempo e dinheiro, além de produzir muito mais resíduos.

#2: Não queira fazer tudo de uma vez

Seguindo a linha de raciocínio da dica anterior, além de priorizar os investimentos em reforma e manutenção da infraestrutura, é importante ter em mente que tentar fazer tudo de uma vez, simultaneamente ou não, pode trazer muitas dores de cabeça.

Quem está mais habituado com obras, sabe: para muitas etapas da manutenção, um profissional só pode começar a trabalhar quando o outro finalizar sua tarefa. Com isso, percebe-se que, para algumas atividades, não é interessante fazer mudanças simultâneas.

Além disso, apesar de o desejo de mudança ser grande, é importante ter em mente o foco no que é prioritário e urgente, além de buscar seguir um cronograma adequado, lembrando-se sempre do quanto você pode gastar com aquela manutenção predial.

#3: Faça um planejamento adequado

Planejar-se é, sem dúvida, a maneira mais simples e segura de garantir que alcançará os principais objetivos ao fim da reforma predial, evitando os erros mais comuns e o desperdício.

O planejamento deve envolver as principais etapas a serem executadas, bem como o cronograma e orçamento.

Tudo deve estar no cronograma: desde o prazo para pesquisar o preço dos materiais até a entrega da reforma. Nesse caso, tente detalhar cada um dos itens, fragmentando as tarefas maiores em entregas menores.

Sobre o orçamento, o mais importante é saber qual o teto máximo para os seus gastos.

Portanto, mesmo que você esteja planejando pequenas manutenções, não deixe de pesquisar o preço dos materiais, custo com a mão de obra e outros gastos indiretos. Assim, você saberá se terá recursos suficientes para finalizar a manutenção predial.

Lembre-se: destinar recursos financeiros para a manutenção preventiva é investimento e não gasto supérfluo. Seguindo as dicas da Ecogranito, você consegue fazer uma manutenção predial muito mais eficiente.

Além dessas, há várias outras dicas para reforma em nosso blog. Continue de olho para ficar por dentro de todas as novidades!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!